Bem-Estar Animal

A Junta de Freguesia do Areeiro, altamente preocupada com as problemáticas relacionadas com o ambiente e a causa animal, e por reconhecer a importância de pensar alternativas para minimizar a dor e o sofrimento dos animais e promover o seu bem-estar, criou em abril de 2018 o Pelouro do Ambiente e Bem-Estar Animal, tornando-se numa das poucas juntas de freguesia a ter um pelouro específico para esta matéria.

No âmbito das suas competências, uma das primeiras medidas promovidas por este Pelouro foi a implementação do Corpo de Voluntários para os Animais da Junta de Freguesia do Areeiro, que faz o acompanhamento diário das colónias de gatos de rua no território da freguesia. 

A promoção do bem-estar animal anda de mãos dadas com a promoção da sustentabilidade. Assim, outras das medidas implementadas inicialmente foi a criação de um programa dedicado às colónias de gatos silvestres, pensado para promover, precisamente o bem-estar dos animais de rua, por um lado, e o seu controlo populacional, por outro, através do método CED ( Capturar – Esterilizar – Devolver).

Este programa assenta em três vetores específicos: 

Colocação de abrigos para os gatos silvestres da freguesia. A criação destes abrigos tem por objetivo facilitar o controlo das colónias de gatos de rua na freguesia, estreitar a sua ligação à população, nomeadamente através do Corpo de Voluntários para os Animais da Junta de Freguesia, melhorar o bem-estar dos animais, providenciar o controlo de pragas e requalificar o espaço público. 

 Neste momento a freguesia do Areeiro conta já com dez abrigos, em oito locais diferentes, tendo sido inaugurados em junho, agosto e dezembro de 2018; em abril e julho de 2019; e fevereiro de 2020. Por uma questão de salvaguarda destes espaços, a sua localização precisa não é revelada.

Desenvolvimento de parcerias com associações de proteção animal, como a Sociedade Protetora dos Animais, e com clínicas veterinárias da freguesia para prestar cuidados médico-veterinários, nomeadamente vacinações, esterilizações, desparasitações, consultas de urgência e outros atos médico-veterinários a animais de rua, abandonados e a animais de companhia de pessoas sem recursos económicos. 

●Participação no programa solidário “Banco Alimentar Animal”, uma parceria com a Associação Animalife, na recolha de alimentos para animais, de forma a canalizar as doações para gatos de rua da freguesia, animais abandonados recolhidos pelo Corpo de Voluntários, e para animais de companhia de pessoas com carências económicas, referenciadas pelo Núcleo de Ação Social atinente à Junta de Freguesia do Areeiro. 

O Vogal do Pelouro Ambiente e Bem-estar Animal, Rudolfo de Castro Pimenta e a Vogal Patrícia Brito Leitão fizeram questão de ajudar em mais uma Recolha Nacional de Alimentos para Animais.

Campanhas solidárias e de sensibilização para a causa animal

Com o intuito de promover a adoção de animais e a sensibilização e educação para a temática dos maus tratos do abandono de animais, a Junta de Freguesia tem levado a cabo diversas campanhas nesse sentido, como é exemplo a campanha “Abandonar não é opção”.  

Uma das ações deste Pelouro tem passado também por outro tipo de campanhas solidárias, como a realização da campanha de reutilização de camisas e camisolas que já não estão em condições de serem doadas, para transformação em camas para os gatos silvestres dos abrigos da Freguesia do Areeiro e para o Movimento Movido a 4 Patas.  

No sentido de sensibilizar a comunidade local a participar de forma mais ativa no respeito pelo bem-estar animal, o novo pelouro tem vindo a dinamizar caminhadas solidárias que desafiam os participantes a doarem bens alimentares para as colónias de gatos silvestres da freguesia do Areeiro. 

Outras Iniciativas

Ao abrigo da colaboração com a Casa dos Animais de Lisboa, e na lógica de promover o controlo populacional, têm sido realizadas campanhas de vacinação e esterilização de animais errantes. 

Em matéria atinente aos animais de estimação, a Junta de Freguesia tem o seu projeto de sacos biodegradáveis, que são disponibilizados aos fregueses, de forma gratuita, para que possam apanhar os dejetos dos seus “amigos de quatro patas”. Os sacos podem ser recolhidos na Sede e na Delegação da Junta de Freguesia do Areeiro, bem como no posto de Limpeza (Rua Jorge Castilho), no Centro Intergeracional do Areeiro (Arco Cego) e no Centro de Desenvolvimento Comunitário (Olaias).

A Junta de Freguesia, numa iniciativa inovadora, tem um dia inteiramente dedicado aos canídeos – o Dia do Cão do Areeiro. Este evento que tem lugar em maio, no jardim da Alameda D. Afonso Henriques, reúne uma mostra canina, provas de agilidade, adoção responsável e workshops diversos. 

Pombal Contracetivo

O executivo da Junta de Freguesia do Areeiro, na persecução dos seus objetivos relacionados com o ambiente e a causa animal, desenvolveu o projeto de colocação de um pombal contracetivo na freguesia, com o intuito de efetuar o controlo de pombos, numa lógica de promover a sua alimentação e, ao mesmo tempo, o seu bem-estar. Para além de se pretender fazer o controlo populacional, o pombal tem um carácter pedagógico. 

Neste pombal contracetivo, o qual é gerido pela Junta de Freguesia e pelo seu Corpo de Voluntários para os Animais, é utilizada a técnica de substituição dos ovos por outros de plástico e é feita a identificação dos pombos com anilhas. 

É sabido que ao nível da saúde pública e da conservação dos edifícios, esta espécie de ave acarreta várias complicações. Nesse sentido, o intuito da Junta de Freguesia passa apenas por fazer o controlo desta população, de forma responsável e sustentada.

Pombal Contracetivo